ConexãoNerd

Games

ForHonor - Copia.jpg

For Honor - INCREDIBILI!

Salve Salve meu poooolvo! 


O game sobre o qual vou falar hoje é (sem exageros) um dos melhores e mais diferentes que já joguei em toda a minha trajetória gamer.

FOR HONOR é o nome dele e muito já devem ter ouvido falar (ou não), se trata de um jogo de... Luta? Bom, For Honor como eu disse é um game muito diferente e sua definição oficial é "combate tático medieval", mas minha definição para esse game é, estratégia, sangue frio e porradaria.


Já faço questão de dar um spoiler no início, esse game vale muuuuuuito a pena ser jogado e não existe outro parecido, embora For Honor tenha passado por problemas (bugs, balanceamento e servidores instáveis) hoje ele é um jogo muito polido e em relação a preço, já é possível encontrar sua versão base na casa dos 10R$ (No momento em que estou escrevendo isso, ele está em promo na lojo da Ubi por 22,90 com a expansão Marching Fire) tendo sido até dado de graça em eventos da Ubisoft.


For Honor é um jogo subestimado infelizmente e que por sua mecânica complicada (favorecendo assim os jogadores mais antigos), acaba espantando jogadores novatos. Entretanto é o tipo de jogo que te compensa muito pelo tempo dedicado em aprendê-lo. O domínio sobre as mecânicas, combos e características dos heróis é essencial pra se dar bem.


Os principais modos do jogo são, Duelo (1x1), Briga(2x2) e Domínio(4x4). Existem também partidas rankeadas mas estão meio abandonadas.


Um problema que aflige o For Honor hoje é a falta de jogadores, como eu disse, além da mecânica complicada o jogo não conta com um marketing muito forte.


For Honor possui gráficos LINDOS! e nesse aspecto está de parabéns.


O game possui um modo história que serve como introdução as mecânicas, a narrativa conta a história de Appolyon, uma guerreira do clão dos Cavaleiros que tenta de qualquer maneira possível instaurar a guerra entre as facções (Vikings, Cavaleiros, Samurais e a mais recento os Wu-Lin)


Cada facção possui seus personagens com estilos e classes diferentes, e explorar essa variedade pode te dar alguma vantagem. O Shugoki por exemplo é do tipo pesado e com combos mais simples, portanto para quem está iniciando, pode ser uma boa pedida. Já o Aramusha conta com muitas fintas e combos mais complexos, portanto, não indicaria a um novato.



A maioria dos personagens deve ser liberada (dependendo da versão do jogo que você compre) e isso pode ser feito com dinheiro (Aço) que você ganha dentro do game.


Os personagens iniciais são bons e balanceados (Salve Salve Kensei).


For Honor é mais uma daquelas pérolas que merecem muita atenção, com certeza daria um competitivo muito interessante, mas é pouco explorado devido a sua carência em novos jogadores.


Caso queiram jogar comigo, só adicionar na Ubi RAMBOXXXXX, lembrando que infelizmente o jogo ainda não é cross plataforma (jogo no PC).


Bom é isso galera, vamos chegando aqui ao fim de mais um artigo (prefiro esse nome que análise).


Deixem suas opiniões nos comentários, vamos ler e responder todas.


Desde já, MUITO OBRIGADO!!!!

About Me

Pedro Doria

Meu nome é Pedro, tenho 23 anos e desde que me entendo por gente, sou apaixonado por jogos, quadrinhos, filmes e tecnologia (essa na verdade veio mais tarde haha!). Meu trabalho principal é como Analista de Infraestrutura e quando não estou dedicado resolvendo problemas, gosto de ver bons filmes, jogar bons jogos, ler bons livros e viver a vida!