ConexãoNerd

Games

Control.jpg

Control - A Pistoleira Sobrenatural

E ae galera, comentarei um pouco hoje sobre como foi a jogatina de Control. Esse que é um jogo de ação e aventura, de tiro em terceira pessoa. Foi desenvolvido pela Remedy Entertainment e publicado pela 505 Games. Lançado em 2019 para PC, PS4 e Xbox One, e posteriormente para PS5 e Xbox Series X.

Mais um game como uma protagonista feminina (elas irão dominar o mundo), Jesse Faden. Ela que irá enfrentar diversos perigos, mistérios, sobrenatural e muita ação. Tudo se passa em uma Agência Federal de Controle que é encarregada de estudar e conter fenômenos naturais. E assim começa o jogo, com Jesse Faden adentrando a agência.

O jogo já de início traz toda sua trama envolvente cheia de mistérios e dúvidas. Isso me prendeu bastante inicialmente, pois traz essa sensação de “O que aconteceu aqui?O que devo fazer?”. E assim o jogo caminha trazendo aos poucos algumas respostas e se tornando mais desafiante. 

Apesar de ser um jogo de tiro, ao longo do jogo Jesse vai ganhando “poderes”, sim, aos poucos ela vai se transformando (Jean Grey?), ela levita coisas, plana no ar, cria escudos de pedra, tudo isso sendo adquirido ao longo do jogo, encontrando os chamados Objetos de Poder. Isso para mim foi um dos pontos altos, bem como a trama e mistério. As missões secundárias aqui são extremamente necessárias de se realizar, já que muitas delas te dão esses “poderes” e algumas são bem interessantes e complementam a trama. E por ser um jogo de tiro, claro você tem sua arma principal que consegue melhorar e evoluir ao longo da trama, alternando entre os tipos de munição, modo de recarregar entre algumas outras coisas. 

Os inimigos, interessantes no início, acabam se tornando repetitivos. O mapa é meio complicadinho, nada que seja ruim, mas por vezes você acaba dando voltas e voltas atrás de um objetivo. Mas basta ler as “placas” dentro da agência e seguir o ponto do objetivo que já ajuda. Graficamente o jogo é muito bom mas nada de novidades demais também e a trilha sonora não é algo sensacional. 

Foram em torno de 18hs para finalizar o game, muita exploração, loucuras, mistérios, gente e monstros voando, muita morte (affff) e muita diversão. Control é um ótimo jogo, tem uma certa dificuldade e com certeza o mistério e “loucura” do jogo são as partes mais interessantes. O final é surpreendente e bem interessante (não a luta final que aí já ficou devendo um pouco), você termina e o jogo não acaba (spoiler kkkk). Quem não jogou ainda, é só procurar por uma promoção aí e pode jogar tranquilo, Control é ótimo.


Bem jovens, até a próxima, fiquem com Deus e bons jogos!

                                               Nota: 7,5/10









About Me

Rafael Dória

E aê?! Sou ex-Jogador amador pós-graduado em Dota 2, fã incondicional de HunterxHunter, torcedor do Liverpool e do Oklahoma City Thunder e vejo tudo quanto é séries e filmes. Atualmente to por aí no ramo de TI, 'mexendo' com desenvolvimento de sistemas. Objetivo é falar pra vocês de jogos, séries, filmes e tecnologia por aqui, entre outras coisas mais... Caso tenham alguma dica/critica, entrem em contato rafaeldoria@conexaonerd.com.br. Aquele abraço!